• Larissa Shanti

Poema Caminhar

Caminhante solitário

Carrega o pesar da noite

Carrega o belo silêncio

Carrega este sentimento

De profunda calma dentro

.

Segue com a passada lenta

Segue esse caminho estreito

Segue a um novo começo

.

Uiva, lobo

corre e uiva na noite

.

Grita o suplício da lua

Grita o suplício do peito

Grita, suplica, deseja

Deseja a calma dentro .

3 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo